Fotos retratam 'esperança' de quem conseguiu sair da pobreza

Uma mostra em Londres traz retratos de pessoas de todo o mundo que estão saindo da pobreza por meio da criação de negócios próprios, amparadas pela ONG FXB International. Entre os personagens, há pequenos empreendedores que iniciaram pequenos negócios e cooperativas agrícolas em países como Colômbia, Ruanda e Burundi. "Queria criar uma exposição que fizesse as pessoas pararem e pensarem", diz a fotógrafa Jillian Edelstein, autora das imagens. "Fiquei impressionada pela resiliência das pessoas que conheci. Sua determinação em trabalhar duro para sair da pobreza foi uma inspiração." A exposição Framing Hope (Retratando a Esperança, em tradução livre) estará em cartaz até 31 de agosto no Oxo Tower Wharf, em Londres.Na foto: Ezebia Nyakabiga, 52, é viúva e mãe de seis filhos, entre eles Eric, 17, no Burundi. Ela tira seu sustento do carvão. (Foto: Jillian Edelstein)
Esta cooperativa de plantação de bananas em Ruanda tem 40 membros. Com ajuda financeira, eles compraram o terreno para estabelecer o negócio próprio. (Foto: Jillian Edelstein)
Acima, os filhos de Anna Rodríguez brincam na entrada de sua loja na favela Bendición de Diós, em Barranquilla, Colômbia. Ela é portadora do vírus HIV e recebe drogas antirretrovirais da ONG. (Foto: Jillian Edelstein)
Salam Abem também é portadora do vírus HIV e vive na Índia. "Ela perdeu seu marido para a Aids e é membro de um grupo apoiado pela FXB, que lhe rende cerca de 2 mil rúpias indianas (cerca de R$ 750) por mês", diz a ONG. (Foto: Jillian Edelstein)
Nascido em 1962, Furaha Rwanyindo Emmanuel, de Ruanda, sustenta 12 pessoas: ele e a esposa, seis filhos no ensino médio, três no ensino fundamental e um já formado. Ele tem cem bananas em sua plantação, iniciada oito meses atrás. Até o ano que vem, espera que a colheita lhe renda 1 milhão de francos (cerca de R$ 3,2 mil) anualmente. (Foto: Jillian Edelstein)
Com doações, a FXB construiu este poço de água no distrito de Muhanga, em Ruanda. (Foto: Jillian Edelstein)
Emmanuel também é beneficiário do programa. Ele foi fotografado no parquinho de sua escola, com sua bola de futebol feita à mão. Ali há três salas de aula para 300 alunos. (Foto: Jillian Edelstein)
Josephine Ntunzwenimana, 46, de Burundi, é viúva e mãe de oito filhos. Ela é membro de uma associação de produção de arroz financiada pela ONG. (Foto: Jillian Edelstein)
Alphonsina Bampire, de 36 anos, vende tomate e grãos com seu marido em Ruanda. Eles receberam alimentos e apoio financeiro para iniciar seu negócio. (Foto: Jillian Edelstein)
"Queria criar uma exposição que fizesse as pessoas pararem e pensarem", diz a fotógrafa Jillian Edelstein, autora das imagens. "Fiquei impressionada pela resiliência das pessoas que conheci. Sua determinação de trabalhar duro para sair da pobreza foi uma inspiração." A exposição estará em cartaz até 31 de agosto no Oxo Tower Wharf, em Londres. (Foto: Jillian Edelstein)

Via Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: