Imagens belissímas do Astronomy Photographer of the Year 2014

Várias capturas foram feitas para produzir o efeito – por causa da rotação da terra, foi possível criar um desenho da trajetória das estrelas. - Sebastián Guillermaz
Incomum visão diurna de um alinhamento astronômico, capturada em Buenos Aires, na Argentina. A imagem mostra o momento seguinte em que Júpiter faz o eclipse da lua. - Sebastián Guillermaz
Pôr-do-sol na savana africana evidenciando o alinhamento planetário de Júpiter, Vênus e Mercúrio em junho de 2013. - Lóránd Fényes
Captura em Rancho Hidalgo, nos Estados Unidos, revela o calor intenso da Nebulosa Crescente - evidenciado pelas cores azul e vermelho. Essa nebulosa é resultado do material ejetado da estrela Wolf-Rayet (WR136) – que está no centro da imagem. - Mark Hanson
Foto da Nebulosa de Órion, enfatizando a poeira que cerca o centro do fenômeno. A cor rosa é oriunda do hidrogênio e o azul do reflexo das estrelas. - Anna Morris
Pai e filho observando a passagem do cometa C/2011 L4 PanSTARRS na cidade de Eastham, nos Estados Unidos. O cometa não poderá ser visto pelos próximos 100 000 anos. - Chris Cook
Reflexo da Via Láctea no rio Snake, no Parque Nacional Grand Teton, nos Estados Unidos. - David Kingham
Luzes e sombras dos núcleos de múltiplas estrelas, com evidência à Rho Ophiuchi. - Gray Olson
Foto capturada durante uma exploração a uma caverna de lava na Islândia. - Ingolfur Bjargmundsson
Situada 7 500 anos-luz da Terra, a Nebulosa do Coração é uma região de gás brilhante, energizado por um aglomerado de estrelas jovens em seu centro. - Ivan Eder
Pôr-do-sol na savana africana evidenciando o alinhamento planetário de Júpiter, Vênus e Mercúrio em junho de 2013. - Lóránd Fényes
Passagem do meteoro Geminid pelo céu da cidade de Flatirons of Boulder, nos Estados Unidos, em dezembro de 2012. Na foto, o fragmento criou brilho suficiente para ofuscar todos os planetas ao redor, produzindo o que é chamado de bola de fogo. - Patrick Cullis
Aurora resplandecente vista por uma janela de um voo transatlântico entre Londres e Nova York, em fevereiro de 2014. - Paul Williams
Aurora sobre a praia Steinsvik, na Noruega. A vista capturada não durou mais de 10 minutos. - Tommy Richardsen

Via Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: