Grafite: Cores cobrem a barreira que separa palestinos e israelenses

A repórter da BBC Mundo Constanza Hola visitou Jerusalém na Semana Santa e, de passagem por Belém, fotografou a barreira de concreto de mais de 700 quilômetros, construída por Israel para separar israelenses e palestinos. Lá ela conheceu Mohammed, que se ofereceu para guiá-la pelos grafites. Durante sua caminhada ao lado da cerca, a jornalista viu um ataque contra uma torre de vigilância israelense, grafite em homenagem a um menino palestino morto na violência da região, homenagens a ativistas palestinos famosos, obras do renomado artista britânico Banksy e até à América Latina, para onde muitos palestinos emigraram. A barreira, de cerca de sete metros de altura, começou a ser construída há mais de uma década, em meio à segunda Intifada. Segundo o governo de Israel, a barreira de segurança está sendo construída com o único propósito de salvar as vidas dos israelenses. Veículos da ONU são presença constante no local. / Da BBC Brasil



Fotos: Constanza Hola
Via Google Plus

About Antonio F. Nogueira Jr.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: